Evolução na programação do Palco Giratório

 O projeto denominado Teatrando nas Praças, do grupo de Teatro Evolução, entra na programação especial do Festival Palco Giratório. Como grupo convidado, o Evolução compõe a grade de programação do festival e vai percorrer algumas praças da capital, com a peça “Julieta de Bela Flor”.

********

No dia 15 o espetáculo acontece na praça do bairro Mariana, no dia 16 na praça Dominó, bairro 4 de janeiro, no dia 22 será na praça do Conjunto Guaporé e no dia 23, na praça do bairro Cohab. A peça será apresentada sempre às 17 h. O Festival Palco Giratório que teve início no dia 8 desde mês, se estende até o dia 29.

*********

Julieta de Bela Flor, é um dos espetáculos de rua, produzido pelo grupo Evolução e teve sua estréia em de julho de 2012. A peça retrata a estória de duas irmãs interioranas, que desde cedo aprenderam a viver sozinhas. O texto foi inspirado em fatos e experiências adquiridas pelo autor em suas vivências pelo interior do Amazonas.

********

O folclore amazônico está presente na trama através de danças e músicas típicas, como por exemplo: a Dança do Cacetinho e a Dança da Fita. O Texto e direção são de Eules Lycaon e no elenco estão os atores André Ribeiro, Danny Moschini, Eules Lycaon e Mika Cardoso.

********

Além do projeto Teatrando Nas Praças, o Evolução realizará quatro apresentações do espetáculo infantil “Festa dos Meus Sonhos”. Um trabalho de corpo e bonecos que será apresentado nos hospitais, em Porto Velho.

********

Vamos ao teatro, curtir as apresentações pelo Palco Giratório do Sesc. Teatro 1 no Esplanada todas as noites tem espetáculo.

*******

A viagem do presidente da Funcultural a Salvador, Recife e Olinda começou a dar frutos. As primeiras entidades a serem comunicadas sobre o novo estilo de carnaval em Porto Velho, foram as escolas de samba que aceitaram sem dar um pio, a realização dos desfiles no domingo de carnaval no Espaço Alternativo.

*******

E mais, a partir de 2019, não receberão nenhum tostão antecipado da prefeitura. “Vamos premiar os melhores em espécie”, disse Ocampo.

*******

Isso quer dizer que “Quem for podre que se quebre”. O motivo do Ocampo levar o carnaval para o Espaço Alternativo é para colocar em prática, o sistema de desfile praticado em Salvador (BA), com os blocos desfilando num mesmo circuito. Só quem fica fora desse estilo é a Banda do Vai Quem Quer.

*******

Devo concordar que o local ideal para esse estilo de carnaval, é o Espaço Alternativo. Resta saber, se o governo estadual vai concordar com os desfiles naquele local, pois, está com grande investimento em obras e a concentração de muita gente brincando carnaval e bebendo pode causar danos ao patrimônio. É um caso a ser discutido entre as partes. No mais, é um ótimo local, tanto para os blocos como para as escolas de samba.

*******

Em entrevista num canal de TV sobre o assunto desfile de blocos carnavalescos, o presidente da Fncultural descascou sua indignação contra a dirigente de um bloco carnavalesco. que segundo ele, criticou sua viagem a Salvador, Recife e Olinda. “Critica por criticar. Por que ela não vai cuidar de sanar os problemas do bloco dela que está inadimplente”, questionou Ocampo. É como diz a Ritinha “Éguuua!”.

*******

Vamos deixar essas picuinhas de lado e cuidar de convidar todos para as apresentações de hoje a noite no Flor do Maracujá.

*******

Tem o boi Diamante Negro as 22 horas, que segundo o Aluízio Guedes vai fazer uma ótima apresentação!

*******

Com certeza a quadrilha Rádio Farol, vai proporcionar um superespetáculo durante sua apresentação marcada para começar as 23 horas. Vamos lá!

Rádio Farol, vinte anos no Flor do Maracujá

A 36ª Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, chega a sua 12ª noite nesta sexta feira (14), apresentando a partir das 20 horas, os grupos folclóricos: Boi mirim Brilhantinho; Quadrilha mirim Rosas de Ouro. Boi Bumbá Diamante Negro e Quadrilha adulta Rádio Farol.

A competição entre as quadrilhas filiadas à Federon chega a sua penúltima noite e os grupos que vão tentar conquistar o título deste ano de 2017, ficaram como vice ano passado.

O boi mirim Brilhantinho vai se apresentar sem o seu levantador de toadas porque o mesmo foi vítima de assalto e na ocasião foi esfaqueado. A direção do grupo já informou a Coordenação das apresentações que as toadas serão apresentadas em gravação de CD. A especdativa é quanto a apresentação da quadrilha Rádio Farol que este ano vai contar a história de seus 20 anos dançando no Flor do Maracujá, Severino e toda diretoria garantiram a nossa reportagem, que o povo se surpreenderá com o espetáculo que a “Furacão do Norte” vai apresentar a partir das 23 horas desta sexta feira. O bumbá Diamante Negro não disponibilizou a sinopse com seu tema.

Décima noite

Quarta feira 12, décima noite do Flor do Maracujá, se apresentaram os grupos: Boi mirim Veludinho cuja diretoria anunciou que a partir do próximo ano, vai se apresentar pelo município de Candeias do Jamari. O destaque vai para a levantadora de toadas e para a porta-estandarte, uma garotinha de apenas três aninhos.

A quadrilha mirim Nova Estação fez bonito e saiu da arena com pinta de campeã.

O terceiro grupo a entrar na rena, foi o bumbá Manhoso que se apresentou com boa coreografia, toadas e marujada. Entre os itens, o destaque foi o Pajé e o Apresentador. Enfim, foi uma apresentação muito bem organizada!

A galera das arquibancadas, camarotes e área vip, vibrou durante quase 50 minutos, tempo da apresentação da quadrilha Girassol das Três Marias. Apesar do grupo dirigido pelo Orisvaldo Pereira da Silva – Bené ter repetido o tema apresentado em 2016, saiu da arena do Flor do Maracujá na noite de quarta feira dia 12, com o gosto de melhor apresentação, entre as quadrilhas que já se apresentaram este ano. “Ano passado foi a mesma coisa e eles ficaram em quarto lugar” comentou o presidente da Mocidade Junina.

Programação de hoje

20 horas – Boi mirim Brilhantinho

21 horas – Quadrilha mirim Rosas de Ouro

22 horas – Boi Bumbá Diamante Negro

23h05 – Quadrilha adulta Rádio Farol

Autor / Fonte: Zekatraca

Leia Também

Comentários