A Banda e o Milagre

Porto Velho, RO – Lula é inocente e não será preso, mesmo já tendo sido condenado em segunda instância. Aécio Neves é um bom mocinho e jamais se envolveu em escândalos nacionais. Toda a cúpula do PSDB e de outros partidos políticos está empenhadíssima em trabalhar pelo bem dos mais necessitados. Os juízes que têm residência fixa onde trabalham vão devolver cada centavo do auxílio-moradia. Ex-governadores devolverão também seus salários ao Erário.

Nenhum servidor público do Brasil receberá acima do teto e todos serão concursados. Nada de funcionário comissionado. Médicos, juízes, desembargadores, políticos, jornalistas e professores receberão quase a mesma remuneração e todos, dentro de suas especificações, terão o mesmo reconhecimento. A mídia será totalmente imparcial e só noticiará o que for verdade.Nada de golpismo.

LGBT, gays, travestis e os outros setores sociais terão aceitação sem nenhum problema.Livros não mais serão proibidos e as Igrejas receberão todo tipo de fiel independentemente de sua orientação sexual. PablloVittar será indicado ao Grammy Awards dos EUA.

Um filme do Brasil finalmente concorrerá ao Oscar com reais chances de ganhar a estatueta. A tola e estéril disputa entre “coxinhas e petralhas”, ou seja, a briga Direita X Esquerda não mais existirá. Todos agora estarão empenhados em lutar pela extinção da desigualdade social. O Brasil de agora em diante não terá mais tantos problemas sociais. A violência deixará de existir. Os morros serão chamados de favelas sem nenhum preconceito. Porto Velho receberá voos de todas as partes do Brasil e as passagens aéreas para esta capital serão as mais baratas e acessíveis do mundo.

Beber cachaça, se drogar e pular feito macaco no meio das ruas de agora em diante será cultura e terá subvenção oficial. Homem se vestir de mulher e mulher se vestir de homem terá amplo apoio popular e aceitação de todos.O antropólogo Claude Lévi-Strauss que se vire.

As corporações internacionais reconhecerão o trabalho de seus funcionários e aumentarão seus salários. Porto Velho não será mais uma cidade suja e imunda. Durante a passagem de qualquer agremiação carnavalesca, sacos de plástico serão distribuídos para que não se sujem as ruas. Os brincantes não mais jogarão detritos nas calçadas. Após a passagem dos blocos as ruas continuarão limpas e cheirosas. Brigas não haverá mais. A confraternização entre inimigos será rotina. E para o deleite de todos, mel e leite jorrarão das avenidas durante os festejos de Momo.

Em Porto Velho, até o rio Madeira dará uma trégua e não mais invadirá a cidade com suas águas pútridas. Ônibus para o campus não serão mais assaltados, a Unir finalmente terá um Hospital Universitário, o prefeito da capital não vai mais tirar férias depois de seis meses de trabalho, o João Paulo Segundo atenderá a todos como se fosse um “açougue” do Primeiro Mundo, os desfiles das escolas de samba de Porto Velho não serão mais adiados, a Constituição será trocada pela Bíblia, a Rua Medianeira não ficará mais alagada durante as chuvas, Rondônia não será mais confundida com Roraima e a TV Rondônia finalmente exibirá o Jornal Nacional ao vivo.

O Carnaval e a Banda do Vai Quem Quer transformarão a sociedade para melhor. E como disse a minha amiga e jornalista Sandra Santos: “senhores, a crise no Brasil se encerra hoje, sexta-feira, dia 09/02 e só retornará ao meio dia da quarta-feira próxima”. Eu vou pra Banda. Vamos?

*É professor em Porto Velho

Autor / Fonte: Professor Nazareno

Leia Também

Loading...