Acesso de fúria evolui para caso criminoso com suposta agressão a advogado, ofensas à imprensa e uma descoberta impressionante sobre conduta de agente

Acesso de fúria evolui para caso criminoso com suposta agressão a advogado, ofensas à imprensa e uma descoberta impressionante sobre conduta de agente

Porto Velho, RO – Tudo começou quando uma página na rede social Facebook chamada Uber Depressivo veiculou ontem (10) um vídeo mostrando a fúria de um cidadão abordado por agentes da Secretaria Municipal de Trânsito de Porto Velho (Semtran).

O homem enraivecido após interpelação dos agentes – que segundo testemunhas queriam apreender seu veículo – passou a destruir o próprio automóvel gerando total indignação patrocinada pelos espectadores das imagens.

A partir daí, ­o sujeito que protagonizou a cena foi detido por policiais e encaminhado à Central de Flagrantes da Capital.

Foi aí que tudo piorou descambando para troca de ofensas verbais entre o advogado Breno Mendes, ex-presidente da EMDUR já na gestão Hildon Chaves (PSDB), e um dos agentes que, supostamente, teriam se aproveitado da função pública para perseguir o cidadão encarcerado e seus familiares.

“Estou dando voz de prisão para o senhor porque você está usando da sua função pública para...”, disse Breno, interrompido pelo servidor que asseverou em seguida: “Quem está preso é o senhor!”.

Depois que Mendes explicou os motivos de sua intervenção se dirigiu ao agente:

“Seu vagabundo!”.

“Vagabundo é você”, ouviu de volta.

“Você está preso! Em flagrante delito”, replicou o causídico.

Breno encerrou seu vídeo-selfie publicado em seu perfil no Facebook informando: “Pode chamar a OAB/RO e as Prerrogativas. Todos os advogados que estão me ouvindo venham para cá porque o ‘negócio vai pegar’ aqui”.


Breno Mendes diz ter sido agredido por agente com uma cabeçada

Suposta agressão física

E o negócio acabou "pegando" mesmo. Depois do encerramento do primeiro vídeo, Mendes surgiu depois em fotos e novos vídeos com a boca ensanguentada, alegando que o agente teria lhe desferido uma cabeçada violenta. O servidor negou a agressão, acusando Breno Mendes de forjar o golpe contra si.

“’Tu’ é um pilantra, rapaz. ‘Tu’ mesmo se bateu aí!”, contestou.

Após o desenrolar da trama e dos embates, o agente Elcione José Sales, pivô de todo o imbróglio envolvendo o cidadão detido e a pretensa agressão contra Breno Mendes, surgiu em novas imagens ofendendo um cidadão ainda nas dependências da Central de Flagrantes.

“E aí, ladrão ‘véio’, ‘noiado’!”, disse, sabendo que estava sendo filmado.

Nota Pública da SEMTRAN

O secretário Carlos Henrique da Costa publicou na página oficial da Prefeitura de  Porto Velho uma nota pública onde “lamenta o episódio de abusos, acusações, agressões físicas e verbais envolvendo um servidor público da Semtran, uma família e um advogado portovelhenses no início da noite desta quinta-feira,10”.

Carlos Costa informou, ainda, que o agente Elcione José Sales, envolvido no episódio, está há mais de trinta dias (30 dias) fora das escalas de serviço de fiscalização de trânsito, e que já responde a processo administrativo por atos cometidos anteriores ao ano de 2017 - fatos esses reportados à Procuradoria Geral do Município (PGM), que é a responsável pela sindicância dos servidores públicos municipais.

“Ressaltamos que, como já foi mencionado anteriormente, o referido agente municipal não estava nas escalas de serviços de fiscalização de trânsito no momento do ocorrido. Enfatizamos ainda que a secretaria aguarda os trâmites legais do processo administrativo que se encontra na PGM, não podendo dispensar o servidor do cargo público sem que haja embasamento legal”, concluiu.

“A justiça e o bem sempre vencerá [sic]”. Assim terminou o episódio para Breno Mendes, já nesta manhã (11), o homem detido, seus familiares e membros da Comissão de Defesa das Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil – Secional Rondônia (OAB/RO).

Mendes destacou todos os desdobramentos da situação com suas devidas implicações legais e o que deve ocorrer daqui para frente.

Assista

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também

Comentários