Atmosfera nebulosa para Cassol e Acir mexe com o brio dos Carvalho e Mariana pode ser o coringa de última hora do PSDB

Atmosfera nebulosa para Cassol e Acir mexe com o brio dos Carvalho e Mariana pode ser o coringa de última hora do PSDB

Tentação

A atmosfera de insegurança jurídica envolta às pretensas candidaturas dos senadores Ivo Cassol (PP) e Acir Gurgacz (PDT), ambos condenados pelo Supremo (STF), mexe diuturnamente com o brio dos Carvalho, segundo fontes ouvidas pela coluna. Sem a participação desses caciques, a esteira ficaria livre a um único pajé, também Carvalho: Maurão (MDB) –  presidente do Legislativo – que é de outra família.

Com isso

Se essa situação de engessamento, dúvidas e desconfiança continuar, o PSDB assanharia, sim, uma reviravolta em sua obsessão palaciana. Os tucanos que agem sem o menor  respeito pelo ex-prefeito José Guedes, um dos fundadores nacionais da sigla,  não teriam problemas em dar vazão à possível determinação de Dom Aparício ao jogar, neste panorama, a deputada federal Mariana Carvalho para disputar em maior paridade de armas com o outro Carvalho, Maurão, que, lembre-se, não é seu parente.

Chegar lá

Oras, é claro que as pessoas não devem subestimar a gordura saudável de pré-candidaturas neófitas, a exemplo das apresentadas pelo jovem Vinicius Miguel, da Rede, ou, mais recentemente, de Zé Jodan, do PSL. E há outros. Cada um com suas ideias, propostas e um nicho do eleitorado disposto a promover mudanças tanto de rostos quanto de políticas aplicadas. Mas o histórico do poderio político-econômico é implacável em nossa região quando o assunto é definir o resultado de eleições majoritárias – e os novatos precisam superá-lo se quiserem chegar lá.

E por que não?

Se de poderoso e endinheirado a única certeza no horizonte que aponta para o Palácio Rio Madeira é Maurão, o PSDB ignorando Guedes e o indeciso tucano Expedito Júnior andando por aí de braços dados com Cassol, por que não Mariana?

O cafezinho do Capixaba

Outro condenado pelo Supremo – e por algo muito mais sério – é o deputado Nilton Capixaba (PTB). Sentenciado a seis anos de reclusão por envolvimento com a Máfia dos Sanguessugas, o petebista consegue nos envergonhar ao figurar em primeiríssimo lugar entre 71 parlamentares que alugam máquina de café expresso. “Quem também não abre mão de um expresso é o deputado Nilton Capixaba (PTB-RO). O petebista é o que paga o aluguel mais caro entre os 71 parlamentares. São R$ 977 por mês com a maquininha que serve, de acordo com o fabricante, oito tipos de bebida”, relatou o Congresso em Foco. Em 2017, o Rondônia Dinâmica abordou o assunto. Esse é o exemplo de perdulário que precisa ser excomungado da vida pública, urgentemente.

Deputados torram o equivalente a 48 toneladas de café com máquinas de expresso

Fátima Cleide abre o jogo

Na próxima semana, também no Rondônia Dinâmica, a ex-senadora Fátima Cleide, do PT, abre o jogo sobre a vida após o último mandato no Congresso Nacional. Considerada a mãe da transposição, matéria que beneficiou inúmeros servidores públicos e o próprio Estado de Rondônia, a petista jamais teve o nome envolvido em casos de corrupção. Ela revela sua concepção acerca do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff; fala sobre a prisão do ex-presidente Lula e conta como pretende retornar ao protagonismo político no Estado se colocando, mais uma vez, como pré-candidata ao Senado Federal.

Confúcio pobre

O Tribunal de Contas (TCE/RO) aplicou multa de R$ 5 mil ao ex-governador Confúcio Moura (MDB) porque ele, ainda na condição de prefeito de Ariquemes, doou um terreno do município à empresa de comunicação sem licitação, ou seja, de forma irregular. Com a multa astronômica, o pré-candidato ao Senado Federal terá dificuldades para fazer campanha. A boa notícia é que o valor poderá custear 10% de  eventual palestra proferida pelo ministro Barroso, cuja horinha de conversa vale R$ 46,8 mil.

Tribunal de Contas de Rondônia multa ex-governador Confúcio Moura por doar terreno à empresa de comunicação sem licitação

Contato

Estamos à disposição através do e-mail viniciuscanova89@gmail.com. Lembre-se: “O Espectador” é veiculada originalmente no Rondônia Dinâmica, mas a reprodução está autorizada desde que citada a fonte.

Autor / Fonte: Vinicius Canova / O Espectador

Leia Também

Loading...