Com visita a empresa e escola, Justiça do Trabalho realiza ações sociais

Com visita a empresa e escola, Justiça do Trabalho realiza ações sociais

Juíza explicou todos os atos que realizava, sendo inquirida pelos adolescentes

A Justiça do Trabalho em Colorado do Oeste realizou, entre os dias 28 de junho e  05 de julho, quatro ações como parte dos programas de responsabilidade social do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região.

No final do último mês, por meio do “Justiça do Trabalho Vai à Escola”, cerca de 50 estudantes da 2ª e 3ª séries do ensino médio da Escola Estadual Manuel Bandeira participaram de uma palestra sobre Trabalho Infantil proferida pela juíza do Trabalho Titular da Vara do Trabalho de Colorado do Oeste, Monica Harumi Ueda. Na ocasião, a diretora de Secretaria da Vara, Neusa Maria Lermen Ansiliero, também falou sobre os projetos sociais do Regional e ajudou a distribuir cartilhas educativas aos alunos.

Já no dia 3 de julho, pouco mais de 50 alunos da mesma escola visitaram as dependências da unidade trabalhista no município como parte do Programa “Justiça do Trabalho Portas Abertas”. Na oportunidade, a equipe da Vara recepcionou os visitantes que conheceram no painel de entrada um pouco da história da JT na região. Em seguida, os alunos estiveram na sala de audiência, onde a juíza Monica explicou todos os atos que realizava, sendo inquirida pelos adolescentes.

Eles ainda visitaram a Secretaria, onde aprenderam as funções e tarefas que os servidores executam, inclusive mostrando como funciona o Sistema do Processo Judicial Eletrônico (PJe). Após assistirem o vídeo institucional, foram servidos com um lanche, fornecido pelos servidores da Vara.

Agora pelo “Justiça do Trabalho Vai à Empresa”, no último dia 5, a magistrada e servidores estiveram na fábrica de tijolos, Cerâmica Santa Rita. Os empresários Davi Orneles e James Orneles conduziram a equipe da Justiça por todos os setores da empresa, mostrando desde o estoque da matéria-prima até o produto final.

A empresa, que funciona em Colorado do Oeste há 32 anos, está se modernizando e produz 60 tijolos por minutos. Foi constatado que a empresa cumpre as normas de segurança trabalhista com os trabalhadores utilizando o Equipamento de Proteção Individual e que também há preocupação socioambiental, já que a empresa cria tanques de produção de peixes os locais onde se retiram a matéria-prima.

Monica Harumi enfatizou a importância dos programas sociais do TRT. "Eles possibilitam a interação e o estreitamento dos laços com a sociedade, além de prestar importantes esclarecimentos sobre direito do trabalho", afirmou.

Por último, no mesmo dia, foi a vez do Abrigo Municipal receber o “Justiça do Trabalho Solidária”, onde os representantes da Justiça do Trabalho doaram alguns brinquedos, sapatos e doces. A entidade abriga atualmente três crianças, que são irmãs, devido a mãe não ter condições de saúde para criá-las. No entanto, já há decisão do Juízo da Criança e do Adolescente para entregá-las sob a guarda de outros membros da família.

Autor / Fonte: Assessoria/TRT 14ª

Leia Também