Começou o mutirão de cadastramento para entrega de título rurais

Começou o mutirão de cadastramento para entrega de título rurais

O programa Terra Legal em Rondônia tem por objetivo promover a regularização de áreas pertencentes ao Estado e à União

Com o objetivo de entregar no dia 24 de março cerca de 200 títulos rurais às famílias beneficiadas pelo programa social do governo Federal Terra Legal, realizado em parceria com o Governo de Rondônia através da Superintendência Estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat), e das prefeituras, foi criada uma força tarefa para realizarem o mutirão para fazerem os cadastramentos dos agricultores que residem em seus lotes mais não tem a documentação onde diz que eles são donos de fato e direito de suas propriedades.

O programa de regularização fundiária rural Terra Legal no estado de Rondônia tem por objetivo promover a regularização de áreas pertencentes ao Estado e à União por meio dos Termos de Cooperação Técnica celebrados entre o Governo de Rondônia, através da Sepat, e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, por meio do Programa Terra Legal.

De acordo com a superintendente estadual da Sepat, Iaf Azamor, sua equipe técnica está juntamente com as equipes do Terra Legal e da prefeitura desda última segunda-feira (12) realizando mutirão de cadastramento no município de Pimenta Bueno. “Para bater a meta dos 200 títulos eles vão ficar lá até o dia da solenidade de entrega”, comentou Iaf.

Em parceria com o governo federal, o governo de Rondônia entregou 5.440 títulos definitivos para agricultores. Os proprietários contemplados ocupam terras públicas federais não destinadas, ou seja, que não estão localizadas em reservas indígenas, florestas públicas, unidades de conservação, marinha ou reservadas à administração militar. O documento entregue faz parte da política dos governos estadual e federal.

Autor / Fonte: Marcelo Gladson/Secom

Leia Também