Corregedoria-Geral do MP promove Capacitação na Área de Atuação Extrajudicial

 A Corregedoria-Geral do Ministério Público do Estado de Rondônia, com apoio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), vai realizar o curso de “Capacitação na área de Atuação Extrajudicial”, nos dias 19 e 20 de novembro, no auditório do edifício-sede do MPRO, em Porto Velho.

O curso tem como público-alvo Promotores de Justiça em estágio probatório do Ministério Público de Rondônia, membros convidados dos Ministérios Públicos dos Estados do Acre, Amazonas e Mato Grosso, além de Procuradores e Promotores de Justiça que atuam na área extrajudicial

A capacitação visa atualizar o conhecimento dos Membros acerca dos aspectos práticos da atuação Ministério Público na área extrajudicial, além de apresentar noções gerais sobre o tema, com o intuito de proporcionar a melhoria e aperfeiçoamento da atuação funcional, possibilitando aos membros, qualidade e competência técnica, na atuação de suas atividades, promovendo o desempenho individual e coletivo, profissional e institucional de atuação do Ministério Público neste âmbito.

A capacitação na área da atuação extrajudicial, além de melhoria do desempenho da Instituição, possibilita aos membros e servidores qualidade e competência técnica na execução de suas atividades, potencializando o desempenho individual e coletivo para o desenvolvimento, profissional e institucional.

Palestras

O curso terá como palestrantes: o Promotor de Justiça Samuel Alvarenga Gonçalves, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia e Membro Auxiliar e Coordenador Substituto de Inovação, Evolução Humana e Estágio Probatório na Corregedoria Nacional do Ministério Público; Pedro Colaneri Abi Eçab, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia e Membro Auxiliar do Conselho; Nacional do Ministério Público e Edilson Vitorelli Diniz Lima, Procurador da República; Professor Adjunto na Universidade Presbiteriana Mackenzie e Professor e orientador pedagógico na Escola Superior do Ministério Público da União.

Autor / Fonte: MP- RO

Leia Também

 
Loading...

Comentários