Defesa Nacional será tema de curso de extensão em Porto Velho

Defesa Nacional será tema de curso de extensão em Porto Velho

De 10 a 15 de setembro Porto Velho vai sediar o curso de extensão em Defesa Nacional, que deverá reunir servidores, acadêmicos e agentes da sociedade em geral nesta jornada que é coordenada pelo Ministério da Defesa em parceria com o Estado de Rondônia, conforme informou o secretário-chefe adjunto da Casa Civil, Hélder Risler, durante reunião na manhã desta quarta-feira (16), com o coronel Celso Bueno, da Divisão de Cooperação do Ministério.

O coronel explicou que esta é uma reunião preliminar para programar o curso, que numa visão geral objetiva levar à sociedade o conhecimento e a compreensão sobre o papel das Forças Armadas como projeto do Ministério da Defesa, o que não impede ao Estado sugerir algum tema ao conteúdo programático, de modo que se atenda à sua necessidade em ponto ou assunto de interesse específico, como fronteiras, drogas, armas, situação indígena, etc.

De acordo com o coronel, é fundamental a realização de uma boa divulgação deste curso, eis que o papel das Forças Armadas não se limita a defesa do País, tendo em vista que ela exerce grande influência nas relações internacionais, por seu caráter garantidor da ordem e da paz. Assim, conforme explicação do secretário da Casa Civil, serão realizadas reuniões preparatórias e de divulgação em Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena com acadêmicos de todas as faculdades e universidades, visto que é um curso de extensão, e ainda com a sociedade em geral.

Ao informar que a programação específica para Rondônia, por suas peculiaridades, começa a ser montada a partir desta reunião, o coronel Bueno disse que um dos assuntos que também é objetivo do curso é a ampliação do envolvimento da sociedade brasileira nos assuntos da defesa nacional. “Este é o 8º objetivo da política nacional de defesa”, disse.

Mais à frente, em data oportuna, serão divulgadas a programação completa do curso e todas as informações adicionais sobre locais, horários e para realização de inscrições, que poderão ser feitas pela internet.

Autor / Fonte: Cleuber Rodrigues Pereira/Secom

Leia Também