Diretoria do Vilhenense pede punição para atleta do Guajará após 'pisão'

Diretoria do Vilhenense pede punição para atleta do Guajará após 'pisão'

Uma atitude no mínimo antidesportista do jogador Eurisvaldo, marcou a partida do último domingo, 11, entre Vilhenense e Guajará. O camisa 10 do GEC pisou nas costelas do atacante Wellington Rolim do Leão do Norte, quando o jogador estava no chão, após sofrer falta de outro jogador do Guajará.

O lance, que paralisou a partida por cerca de 10 minutos, aconteceu aos 30 do segundo tempo e resultou no encaminhamento do atleta do Vilhenense ao Hospital Regional de Vilhena. A ação descabida, mal-intencionada e desleal foi gravada por uma equipe de televisão que estava no Estádio Portal da Amazônia e gentilmente cedida à assessoria de imprensa do clube.

Eurisvaldo Pereira Silva que é natural de São Paulo e pela primeira vez joga no Estado de Rondônia deve e será denunciado junto à Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) pela diretoria do Vilhenense Esportivo Clube.

Rolim, camisa 18 do Leão do Norte, foi agredido cerca de 5 minutos depois que entrou em campo. No lance, o rápido atacante recebe a bola e parte em disparada rumo ao campo adversário, após dividir a bola com o próprio futuro agressor, ele é derrubado por Eurisvaldo e também pelo camisa 15 do Guajará. No chão, Wellington é “esmagado” pela dupla. 

Não satisfeito, o tal “Tático”, agiu totalmente contrário ao apelido e pisou (imagem) nas costas do jogador. Rolim foi levado ao Hospital regional por uma equipe médica que estava no Estádio e após passar por exames detalhados e raio-x, foi liberado.

“Graças a Deus estou bem. Muita dor na região do ombro, mas estou de certa forma, bem. Não desejo mal ao jogador que me agrediu. A vida cobra mais do que qualquer pessoa”, disse o jogador do Vilhenense.

O árbitro da partida Salvino Rosa da Silva, após receber instruções de seus auxiliares, expulsou o jogador de campo. A diretoria do Vilhenense, de posse das imagens entrará com recurso junto á Federação e pedirá punição exemplar ao jogador.

 

Autor / Fonte: Assessoria

Leia Também