Educadores participam de Fórum de Educação Ambiental Crítica

Educadores participam de Fórum de Educação Ambiental Crítica

Professores da rede municipal de ensino e estudantes de cursos ligados à Educação Ambiental participaram nesta quarta-feira (19) do 2º Fórum de Educação Ambiental Crítica, realizado em parceria entre a Jauru Transmissora de Energia (JTE) e a Prefeitura de Cacoal, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A iniciativa tem por objetivo promover uma reflexão sobre os caminhos da Educação Ambiental Crítica na prática cotidiana de sala de aula e as dificuldades de se trabalhar o tema como ferramenta para a promoção da cidadania e a conservação do meio ambiente de forma sustentável.  

Inny Bello Acciollly, que é professora na Universidade Federal do Rio de Janeiro e pesquisadora do Laboratório de Investigações em Educação, Ambiente e Sociedade (LIEAS/UFRJ); Anne Kassiadou, analista ambiental, com especialização em Educação Ambiental, mestre em Educação e doutorando em Educação Pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO); e o analista ambiental Eduardo Mattos, que é bacharel em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), foram os convidados que conduziram as discussões.  

De acordo com Virgínia Valéria de Assis, articuladora do Fórum pela Semed, os educadores recebem por meio da parceria formação continuada sobre Educação Ambiental, através da  plataforma de ensino a distância (EAD) e, em encontros periódicos. “Com esta ação, estamos tendo a oportunidade de fazer uma reflexão de como trabalhar a educação ambiental em mossas escolas, na busca alternativas para a prevenção do meio ambiente de forma sustentável”, explica.

O professor Jeferson Alves, da escola Augustinho Goes, revela que a capacitação vai lhe oferecer mais ferramentas para atuar no projeto que já é desenvolvido em sua instituição. “Na escola estamos trabalhando com o ‘Campo Limpo’. Por meio deste projeto, percebemos que as crianças gostam de falar sobre o assunto, com isso, sentimos a necessidade de aprofundar mais sobre o tema, e este fórum possibilitou isso”, conta.

Desde 2015, a Jauru Transmissora de Energia, que responsável pela linha transmissão de energia que passa por várias cidades, trabalha com a Educação Ambiental no município.

Autor / Fonte: Assessoria/Prefeitura

Leia Também