Grupo de Pesquisa Energia Renovável Sustentável inaugura Sistema Solar Fotovoltaico em Porto Velho

Grupo de Pesquisa Energia Renovável Sustentável inaugura Sistema Solar Fotovoltaico em Porto Velho

    Neste sábado, em Porto Velho, foi realizada a inauguração do Sistema Solar Fotovoltaico no Seminário Maior São João XXIII da Igreja Católica; o primeiro instalado numa comunidade religiosa em Rondônia e o terceiro em tamanho, de Rondônia.

Com seus 40kW de potência, o sistema suprirá toda a demanda de eletricidade do Seminário. Para tanto, é composto de 125 placas fotovoltaicas de 330W e seis inversores de 7kW.

 Este sistema é importante por várias razões, primeiro porque é uma contribuição para a sustentabilidade do planeta por utilizar energia renovável sustentável na geração de eletricidade, segundo porque a iniciativa demonstra para a sociedade que a preocupação com a casa comum é fundamental. Ao suprir toda a demanda de eletricidade do Seminário Maior, sua conta de eletricidade será praticamente zerada.

Tanto o evento quanto o desenvolvimento do projeto contaram com apoio do Grupo de Pesquisa Energia Renovável Sustentável (GPERS) da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR).

Participaram do encontro de apresentação do sistema importantes membros da sociedade religiosa da Igreja Católica, da UNIR e da sociedade, entre eles o Arcebispo de Porto Velho, Dom Roque Paloschi, o reitor da UNIR, professor doutor Ari Miguel Teixeira Ott, o vice-reitor da UNIR, professor doutor Marcelo Vergotti e o reitor do Seminário Maior, Padre Edilson Nunes.

 O evento contou com dois relevantes momentos. No primeiro e mais formal, os integrantes das Instituições participantes fizeram uso da palavra, explicando a importância do Sistema para a Sociedade, como destacou Dom Roque Paloschi, “as energias renováveis contribuem para melhoramos a nossa casa comum e assim, estamos fazendo o nosso papel e tentando influenciar outros”. O professor Ari Miguel Teixeira Ott destacou o importante papel que a UNIR desempenhou ao “transformar conhecimento em realidade para ajudar na sustentabilidade da sociedade”. Nesse mesmo caminho o professor Artur Moret, coordenador do GPERS destacou que “a Universidade precisa se empenhar cada vez mais em fazer parcerias com outras Instituições para o fomento das energias renováveis”.

 Já o segundo momento foi a visita às instalações do sistema solar, onde os técnicos explicaram o processo de geração de eletricidade e a conexão dessa energia gerada com a rede da distribuidora local.

Com a inauguração do Sistema Fotovoltaico do Seminário Maior São João XXIII, a UNIR, o GPERS e outras instituições parceiras consolidam o início da implementação, de forma mais intensa, das energias renováveis no Estado de Rondônia.

Autor / Fonte: UNIR

Leia Também

Loading...