Infraestrutura tecnológica do TJRO garante rede mesmo com indisponibilidade da OI

 Investimento do Tribunal de Justiça de Rondônia na infraestrutura possibilitou as unidades do interior do Estado permanecerem com serviço de internet, mesmo com queda da rede fornecida pela empresa de telefonia. No último dia 12 de junho, as cidades de Vilhena, Espigão d’Oeste, Cacoal, Ji-Paraná e Jaru ficaram sem acesso à internet e sem os serviços de telefonia prestados pela OI, no período das 13h às 18h.

Todos os estabelecimentos que dependem dos serviços da OI nessas cidades ficaram off-line durante horas até a empresa sanar os problemas.

Entretanto, graças aos projetos de melhoria na infraestrutura tecnológica do TJRO, que contemplou a instalação da rede WAN em todos os fóruns das comarcas supracitadas continuaram trabalhando normalmente, on-line. A rede WAN é rede privada de comunicação de dados. Além disso, o Poder Judiciário conta com sistemas de redundância que garantem a continuidade dos sistemas.

Os projetos de melhoria na infraestrutura tecnológica do PJRO vêm sendo executados desde 2015, quando as equipes da Stic, antiga Coinf, iniciaram os estudos para a contratação da Rede WAN, que é independente da infraestrutura da empresa OI e de modernização da rede do PJRO.

Autor / Fonte: TJ- RO

Leia Também

Comentários