Lei Seca – Operações resultam no aumento de quase 250% nas prisões em flagrante por embriaguez na direção

Lei Seca – Operações resultam no aumento de quase 250% nas prisões em flagrante por embriaguez na direção

O aumento do número de pessoas embriagadas ao volante no trânsito de Porto Velho é alarmante. É o que demonstram levantamentos estatísticos e resultados das operações de trânsito realizadas pela Companhia Independente de Policiamento de Trânsito - CIATRAN em Conjunto com O Dentran/RO.

De acordo com números da CIATRAN, resultados da operação Lei Seca apontam aumento de quase 250%, nas prisões em flagrante por embriaguez na direção, comparativo realizado entre os primeiros semestres de 2017 e 2018, conforme gráfico abaixo. Ainda segundo a companhia, foram realizadas 436 detenções a mais de janeiro a junho de 2018, em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo informações do Soldado Maurício, componetente do Batalhão de Policiamento de trânsito da Capital, a Companhia Independente em conjunto com o DETRAN aumentou a capacidade operacional das Operações Lei Seca.

“No ano de 2017, as equipes trabalhavam com um número de agentes e policiais reduzidos, em média 20 por operação, o que diminui a quantidade de pessoas a serem abordadas. Hoje cada equipe é composta por 30 profissionais, entre policiais e agentes”, explicou.

Campanhas de conscientização 

O número de pessoas presas dirigindo alcoolizadas, principalmente nos finais de semana, quando o consumo de álcool é maior, por causa das variadas festas e neste último período, dos jogos da copa do mundo, é preocupante. Violência no trânsito, mortos e feridos por acidentes, são as consequências pela falta de conscientização por parte de muitos condutores.

Conforme avaliação, apesar da importância das campanhas de conscientização e educação no trânsito, não se pode precisar estatisticamente o resultados destas ações junto aos condutores e sociedade.

“Não é possível mensurar através de números o alcance que campanhas de conscientização podem  alcançar. Por tal motivo não é plausível "Achar" que tais resultados podem ser direcionado a tal fator. Esta especializada trabalha de maneira técnica, não podendo apresentar resultados baseados em hipóteses, mas não descarta a importância das campanhas para a conscientização de condutores", avaliou o componente da CIATRAN.

“Tal ação é algo relevante, atualmente a companhia independente de trânsito possui uma guarnição direcionada somente para a parte de educação e conscientização no trânsito. Esta equipe realiza palestras em escolas e empresas, demonstrando tal importância às crianças, adolescentes e adultos da capital”, finalizou.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também

Loading...