Marcos Rogério propõe mais fiscalização em barragens para evitar acidentes como Brumadinho

Marcos Rogério propõe mais fiscalização em barragens para evitar acidentes como Brumadinho

Na abertura dos trabalhos na Comissão de Infraestrutura, nesta terça-feira (19/02), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) manifestou misto de satisfação e pesar. Satisfação pela renovação no Parlamento, e pesar pelos recentes desastres ambientais. Presidente da comissão, Marcos Rogério lembrou dos acidentes com barragens nas cidades de Brumadinho e Mariana, ambas em Minas Gerais.

“As perdas em Mariana e Brumadinho são colossais, a dor é grande demais e a reparação é insuficiente. Não há dinheiro que traga de volta quem se foi; não há pagamento que alivie a dor de quem perdeu um ente querido; não há indenização que apague o trauma da memória dos sobreviventes”, apontou o senador.

Marcos Rogério propôs à comissão um trabalho mais fiscalizador para evitar novos acidentes ambientais. “Eu conclamo às Vossas Excelências à nos debruçarmos sobre o problema das barragens no Brasil, em especial sobre o que aconteceu em Brumadinho, de forma que possamos evitar que catástrofes como essa se repitam”, apontou.

O colegiado aprovou requerimento para convite ao ministro da Infraestrutura,Tarcísio de Freitas, além de representantes da ANTT, Vale e Valec, para prestar esclarecimentos à comissão. Também foram aprovados requerimentos para realização de duas audiências públicas, uma delas para discutir as Políticas Públicas necessárias para a atuação da garimpagem, Micro e Pequena Mineração no país, e a segunda para discutir a Ferrovia de Integração Centro Oeste – FICO.

A próxima reunião será realizada na próxima terça-feira (26), e deve discutir dois projetos de lei. O primeiro deles é o PL 712/18, que estimula o uso de fontes renováveis na matriz energética. O segundo é o PL 67/2018, que tem por objetivo incluir no Plano Nacional de Viação a rodovia TransCarajás, que representa importante eixo rodoviário estruturante entre a rodovia BR-153, na região de Araguaína, no Estado do Tocantins.

Autor / Fonte: Assessoria/Ludmila Lucas

IDETRO WORKSHOP

Comentários

Leia Também

 
Loading...