Maurão de Carvalho media acordo para famílias na região rural de Porto Velho

Maurão de Carvalho media acordo para famílias na região rural de Porto Velho

Moradores da Linha H, área localizada na região de União Bandeirante, em Porto Velho, querem a regularização dos lotes e uma definição do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), quanto ao impasse em relação às famílias acampadas nas imediações.

Para tratar da questão, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), provocou um encontro das famílias com representantes do Incra, na manhã desta terça-feira (10), na sede do Poder Legislativo.

"É sempre importante o diálogo. É sempre fundamental que as partes possam conversar e buscar o entendimento. Foi com esse objetivo que provocamos esta reunião e vejo que ambas as partes querem acordo e que é preciso ver caso a caso, seguindo o que determina a lei", disse Maurão.

Do Incra, participaram da reunião o superintendente regional substituto e ouvidor agrário regional, Erasmo Tenório, o chefe de divisão de Obtenção de Terras, Flávio Ribeiro, o técnico agrícola Paulo Brandão e a assistente técnica Márcia Pereira. O presidente da União das Vítimas da Reforma Agrária e do Meio Ambiente (Univram), Jânio Lopes, o Zoca.

Brandão conduz um estudo na área, com cadastro e levantamento das famílias e as benfeitorias nos lotes, seguindo os critérios pré-estabelecidos pela legislação. "O trabalho está em fase final. Percorri a linha e fui a cada propriedade e estou finalizando minha parte", informou.

Tenório disse que a expectativa é de que em entre 15 a 20 dias, serão encerrados os estudos da área. "Com a conclusão desse trabalho, podemos nos reunir novamente e colocar as nossas propostas, as nossas decisões. Tudo está sendo feito de forma acordada, sempre levando em conta o que preceitua a lei".

Autor / Fonte: ALE-RO

Leia Também

Comentários