Opinião - E agora, o Ibope vale ou não?

Opinião - E agora, o Ibope vale ou não?

Imagem meramente ilustrativa

A campanha eleitoral a presidência da República e nos Estados onde ocorrerá segundo turno, como em Rondônia será amplificada, já que estamos iniciando a última semana, antes das eleições, que ocorrerão no domingo (28). Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) disputam a presidência da República e em Rondônia Expedito Júnior (PSDB) e coronel Marcos Rocha (PSL), o governo do Estado.

Expedito venceu o primeiro turno com quase 60 mil votos à frente de Marcos Rocha. Na antevéspera das eleições do primeiro turno, realizadas no último dia 7, o Instituto Ibope, especializado em pesquisas, um dos mais respeitados no país se perdeu na maionese, pois dava a vitória a Expedito com 43% das intenções de voto. Na segunda colocação Maurão de Carvalho (MDB) 28%, Acir Gurgacz (PDT) 15%, Marcos Rocha 8% e Vinícius Miguel (Rede) 6%.

No domingo (7) o resultado real foi bem diferente. Expedito somou 31,59% das intenções de voto, Marcos Rocha 23,99%, Maurão de Carvalho (22,69%) e Vinicius Miguel 14,44%. Como é possível em apenas dois dias (a pesquisa foi publica na sexta-feira (5) Marcos Rocha sair de 8% das intenções de voto, menos de dois dígitos para quase 24%?

Na última sexta-feira (20) o Ibope que tem parceria no Estado com a TV Rondônia (Globo) publicou pesquisa relacionada ao segundo turno, que tem como protagonistas Expedito Júnior e Marcos Rocha candidatos a governador. No primeiro turno Expedito conseguiu quase 60 mil votos de dianteira frente Rocha, mas na sondagem pública do Ibope a intenção de votos para o segundo turno é bem diferente.

Segundo dados da pesquisa foram entrevistados 812 eleitores em 30 dos 52 municípios e foi realizada no período de 16 a 18 deste mês de outubro. Ela está registrada no TSE: BR-09913/2018 e no TRE: RO-00577/2018 pelo Ibope/Rede Amazônica.

O coronel Marcos Rocha aparece disparado na frente com 63% das intenções de voto e Expedito Júnior soma 37%. Na publicação da pesquisa pelo mesmo instituto em 5 de outubro, ante do primeiro turno, as críticas foram muitas, inclusive de Marcos Rocha. E tinham razão, porque na abertura das urnas a comprovação do fiasco do badalado instituto.

A publicação da primeira pesquisa na sexta-feira (19) colocou Marcos Rocha com cerca de 40% das intenções de voto a mais no confronto direto com Expedito Júnior. E agora? Será que Marcos Rocha e equipe irão aproveitá-la como mote de campanha positivo? Ou o Ibope mais uma vez vai provar que não conhece nada de Rondônia, como nas últimas eleições a prefeito em 2016 e na atual como no primeiro turno?

Faça sua aposta, o jogo está aberto.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também

Loading...