Presidente do TJ pode assumir o governo, servidores ameaçam prefeita de greve, candidatos a governador sem fundo partidário

 Governo – Não está descartada a possibilidade de o presidente do Tribunal de Justiça (TJ) de Rondônia Walter Waltenberg Silva Júnior assumir o cargo de governador do Estado nos próximos dias. No caso de viagem do governador Daniel Pereira (PSB) assumiria o presidente da Assembleia Legislativa (Ale), Maurão de Carvalho (MDB-Andreazza), que é pré-candidato a governador e não tem interesse em ficar no cargo por alguns dias. Se o fato se consolidar seria momento importante Waltenberg promover uma auditoria geral para se saber qual a real situação econômico-financeira do Estado. O que Daniel deveria ter feito.

Greve – Os membros do Sindicato dos Servidores Municipais de Cacoal (Sinsemuc) não aceitaram proposta da prefeita Glaucione Rodrigues (MDB), que contempla parte da categoria, após Assembleia Geral realizada na última semana. A proposta foi rejeitada e os servidores decidiram que estarão em greve no período de 23 a 25 próximo. Os servidores criticam o excesso de terceirização dos serviços e a contratação exagerada de pessoas para cargos comissionados. Problema complicado para a prefeita Glaucione resolver.

Racha – As divergências internas no MDB, entre o senador Valdir Raupp e o ex-governador Confúcio Moura são comuns em período eleitoral onde os políticos de ponta querem ocupar mais espaço. Uns em busca de reeleição, como é o caso de Raupp e outro para se manter ativo, com mandato, que é Confúcio. Traição é o que mais ocorre na política. Que o diga o presidente da Assembleia Legislativa (Ale), Maurão de Carvalho, pré-candidato do partido e ignorado por Confúcio, que quis impor seu ex-secretário de Finanças, Wagner Freitas como candidato do partido a governador. Ajoelhou tem que rezar...

Jornais – O jornalismo impresso, ainda é o melhor caminho para os políticos que estarão disputando as eleições deste ano. Rádio e TV somente no Horário Eleitoral Gratuito, sites e redes sociais estão limitados devido à legislação eleitoral. Como as notícias falsas (fake news) estão crescendo de forma assustadora na internet as grandes empresas estão investindo no jornal impresso. A internet deu muita velocidade e amplitude para a informação, mas nem sempre com qualidade e seriedade.

Campanha – Os partidos terão como prioridade, na distribuição da verba partidária os políticos com mandato. O MDB, por exemplo, liberará R$ 2 milhões a cada um dos senadores com mandato, R$ 1,5 milhão a deputados federais, R$ 69,9 milhões para a campanha das mulheres. Hoje se exige no mínimo 30% das candidaturas para o sexo feminino. Mais R$ 54 milhões serão divididos segundo critérios previstos no estatuto do MDB. Não há previsão de recursos a candidato a governador.

Respigo

Cresce a mobilização incentivando o ex-deputado (federal e estadual) Carlos Magno (PP) a disputar uma das duas vagas ao Senado nas eleições de outubro próximo. Magno é pré-candidato do grupo liderado pelo senador Ivo Cassol (PP-RO), que está fora das eleições deste ano, mas garante apoio a seu fiel companheiro +++ Hoje (16) por volta das 13h choveu com intensidade em várias regiões de Porto Velho. No centro da cidade ventou bastante e a chuva reduziu a temperatura rapidamente de 33 graus para 26 graus +++ Além de apagar o pó, que estava intenso nos últimos dias, as plantas rapidamente recuperaram o verde. É o fenômeno da natureza que não tem muitas explicações +++ Ainda não foi definido o local, mas o PDT e o PSB de Rondônia estarão caminhando juntos nas eleições deste ano. O senador Acir Gurgacz, presidente regional do PDT e o governador Daniel Pereira (PSB) ajustaram os ponteiros e realizarão convenção partidária conjunta no próximo dia 29 em Porto Velho.  

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também