Primeiro Fórum de Segurança Pública de Rondônia é aberto com palestra do ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna

Primeiro Fórum de Segurança Pública de Rondônia é aberto com palestra do ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna

Começou na quarta-feira (5) o I Fórum Estadual de Segurança Pública, com o tema “Construindo Políticas Públicas em Rondônia. O evento se estende até esta quinta (6), durante todo o dia, no auditório da Faculdade Uniron do Porto Velho Shopping.

Segundo o secretário de Segurança, Ronimar Vargas Jobim, o fórum nasceu da necessidade de debater temas que estimulem o desenvolvimento do conhecimento científico voltado para a segurança. “Eu quero destacar a importância desses momentos que serão vivenciados aqui, com troca de conhecimento de profissionais que estão participando para enriquecer o nosso debate. Essa troca de informações é para o bem do nosso estado, com a participação da comunidade acadêmica e da sociedade geral”, disse Jobim.

O governador Daniel Pereira diz que, logo quando proposta, a ideia foi de pronto abraçada pela gestão. “Um dos maiores problemas que temos é a insegurança pública, e sempre buscamos conhecimento e experiências inclusive de outros países para tentar achar soluções. Com certeza este fórum vai ajudar com na criação de ideias e inovações”, declarou.

O primeiro palestrante do dia foi o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, falando sobre a segurança de fronteira e os conhecimentos de técnicos necessários para estratégia. Segundo Joaquim, o principal ponto é a estratégia de cooperação com os países vizinhos, como a Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai, Argentina e Chile. “Estamos num país globalizado, interconectado e interdependente. Temos que trabalhar com isso”.

Um dos palestrantes da tarde desta quarta, Rinaldo de Souza, diretor de Ensino, Pesquisa, Análise da Informação e Desenvolvimento Pessoal (Depaid) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), ministrou sobre Inovações Tecnológicas de Segurança Pública. “O tema é bastante amplo, então pode ser usado pensando em tecnologia aplicada à segurança pública, à melhoria do serviço do profissional da área, da prestação do serviço, enfim. Uma das questões mais relevantes nesse cenário é a troca de informações, que é um desafio a vencer ainda, com a integração de bases de dados, melhorar a comunicação entre os órgãos tanto do estado quanto federais, e em um passo seguinte até mesmo com a iniciativa privada e demais setores da sociedade”, defendeu.

Daniel defende o conhecimento como caminho para a solução

O profissional justifica que somente a partir da consolidação dessa troca de informações é que será possível dar o passo seguinte na questão da implementação tecnológica, caso contrário o trabalho será sempre de forma isolada os projetos tecnológicos. “A Senasp já vem trabalhando há alguns anos no Sistema Nacional de Informação de Segurança Pública – o Sinesp, e Rondônia está nesse projeto no que diz respeito à integração de boletins de ocorrência e a expectativa é de que até o final do ano tenhamos todos os estados integrados na primeira fase de base de dados de boletins”, revelou.

Os demais temas do fórum são Direitos Humanos do Profissional da Segurança Pública, Enfrentamento às Organizações Criminosas em Rondônia, Governança, Cooperação e Integração em Segurança Pública (que será ministrado na quinta pelo governador Daniel Pereira), A Implicação dos Crimes Transfronteiriços no Desenvolvimento Socioeconômico, A Prevenção da Violência Criminal por Meio de Projetos de Inclusão Social e Gestão por Resultados na Segurança Pública: o caso “Viva Brasília, nosso pacto pela vida”.

No encerramento das atividades do período da manhã, o governador e o secretário da Sesdec homenagearam o ministro da Defesa com uma placa de agradecimento e uma medalha do mérito Governador Jorge Teixeira de Oliveira, única comenda da secretaria.

Autor / Fonte: Vanessa Farias/Secom

Leia Também

 
Loading...

Comentários