Promotores de Justiça Substitutos do XXII Concurso iniciam trabalhos nas Promotorias do interior na segunda-feira

Promotores de Justiça Substitutos do XXII Concurso iniciam trabalhos nas Promotorias do interior na segunda-feira

Depois de 264 horas de curso de formação, divididas em três etapas (teoria, prática nas Promotorias e visitas técnicas), 12 Promotores de Justiça Substitutos, aprovados no XXII Concurso para a Carreira do Ministério Público do Estado de Rondônia, iniciarão na segunda-feira, 24 de setembro, suas atividades nas Promotorias de Justiça de diversas Comarcas do Estado.

O encerramento do curso ocorreu na manhã desta sexta-feira, 21 de setembro, com a presença do Procurador-Geral de Justiça em exercício, Osvaldo Luiz Araujo; do chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Promotor de Justiça Aluildo de Oliveira; do Diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), Promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho, na sede do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), no 8º andar do edifício-sede do MPRO, em Porto Velho.

Em sua fala, Osvaldo Luiz Araujo, reforçou que além da participação no curso, toda a preparação que os novos Promotores de Justiça passaram para o concurso da carreira, os colocam aptos a exercerem suas funções nas Promotorias de Justiça para qual foram designados.

Osvaldo Luiz Araujo ressaltou que eles começarão a atuar nas Promotorias de 1ª Entrância, de menor porte, nas quais terão um leque de atribuições e poderão fazer a diferença na transformação social dessas localidades. “Nenhuma outra carreira dá oportunidade de interferir positivamente na sociedade com a de Promotor de Justiça”, destacou o Subprocurador-Geral de Justiça.

O Promotor de Justiça Aluildo de Oliveira Leite desejou sucesso na nova etapa de vida que os Promotores de Justiça viverão a partir do trabalho nas Promotorias de Justiça, afirmando que eles devem pautar em suas atuações o equilíbrio, serem agentes de social transformação e procurarem renovação a cada dia. “O Ministério Público é ferramenta indispensável à transformação da realidade social. Isso está nos nossos ‘genes’, no nosso ‘DNA’”, observou o chefe de Gabinete da PGJ.

O Promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho ressaltou que o curso promovido pelo CEAF foi feito com muito carinho e dedicação por toda equipe do órgão. Acrescentou que houve uma mudança no panorama do curso, que se tornou mais abrangente e os conhecimentos apresentados neles serão importantes para o exercício das atividades nas Promotorias de Justiça.

Formação

O Curso de Formação dos Promotores de Justiça Substitutos teve início no dia 7 de agosto deste ano, um dia após a sessão Solene de posse dos novos Promotores de Justiça, com o objetivo de orientar os participantes sobre a atuação do MPRO, nas suas várias áreas de atuação, além de promover o conhecimento da estrutura administrativa do MPRO. Foram também ministradas palestras sobre história e geografia de Rondônia.

A preparação dos novos Promotores de Justiça incluiu também a prática em várias Promotorias de Justiça da Comarca de Porto Velho, visitação externa, a exemplo das instituições do Judiciário e unidades prisionais, assim como exercícios práticos de simulação de Júri.

Autor / Fonte: MP-RO

Leia Também