Reino Unido lembra 1 ano de ataque em show de Ariana Grande

Reino Unido lembra 1 ano de ataque em show de Ariana Grande

O Reino Unido prestou nesta terça-feira (22) homenagem às vítimas do ataque terrorista ocorrido no dia 22 de maio de 2017 durante um show da cantora norte-americana Ariana Grande, na Machester Arena, no qual deixou 22 mortos e 59 feridos. A primeira-ministra britânica, Theresa May, e o príncipe William foram à Catedral de Manchester em memória aos fãs da cantora.   

Cerimônias religiosas também foram celebradas nos Estados Unidos. Em seu Twitter, Ariana Grande publicou uma mensagem de apoio aos familiares e amigos dos mortos no atentado. "Pensando em todos vocês hoje e todos os dias. Eu amo vocês e estou mandando luz e calor que eu posso oferecer nesse dia desafiador", escreveu.   

Há exatamente um ano, Salman Abedi, filho de líbios refugiado no Reino Unido, explodiu uma bomba no final da apresentação da cantora na Arena Manchester, que possui capacidade para 21 mil pessoas.   

O ataque terrorista foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), e não foi o único que ocorreu no Reino Unido em 2017. Além dele, outros quatro atentados abalaram o governo britânico naquele ano. Após a ofensiva, as vítimas foram homenageadas no mundo todo, e Ariana Grande suspendeu sua turnê pela Europa por um período.   

Logo depois, no dia 4 de junho, a cantora realizou um show beneficente ao lado dos artistas Justin Bieber, Katy Perry, Coldplay e Pharrell Williams. Toda renda arrecadada foi revertida para a Prefeitura e Cruz Vermelha para ajudar os feridos e suas famílias

Autor / Fonte: Notícia ao Minuto

Leia Também

Loading...