Reunião no MP define implantação de atividades da Acuda em unidade socioeducativa de Porto Velho

Reunião no MP define implantação de atividades da Acuda em unidade socioeducativa de Porto Velho

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 18 de maio, na sede do Ministério Público do Estado de Rondônia, ficou definida a implantação de atividades da ONG Acuda nas unidades de internação socioeducativas em Porto Velho. A reunião foi coordenada pelo Promotor de Justiça da Infância, Éverson Antônio Pini, e contou com a participação da subsecretária de Justiça, Sirlene Bastos, e do presidente da ONG Acuda, Luiz Marques.

A proposta de inserção das atividades da Acuda nas unidades socioeducativas foi do Promotor de Justiça da Infância, e teve o apoio do Juizado da Vara da Infância e também da Sejus. Inicialmente, os trabalhos serão desenvolvidos na unidade II, localizada na Avenida Amazônia.

A Acuda levará os socioeducadores para conhecerem a sua sede, onde são desenvolvidas atividades de produção de peças artesanais. Eles serão treinados e um deles será indicado para acompanhar o trabalho junto aos internos da unidade socioeducativa. Inicialmente serão realizados trabalhos manuais e, em seguida, os terapêuticos.

A Acuda é uma ONG (Organização Não-Governamental) que há mais de 15 anos tem como objetivo a reabilitação de presidiários e a sua reinserção na sociedade, durante e após o cumprimento da pena. A Acuda tem parceria com Secretaria de Estado de Justiça de Rondônia (Sejus) e objetiva atender detentos do regime fechado e semiaberto que pertencem ao Complexo Penitenciário de Porto Velho, capital de Rondônia. Agora levará essa experiência para os internos das unidades socioeducativas.

Autor / Fonte: MP-RO

Leia Também

Comentários