Rosani Donadon estava inelegível quando eleita; TSE determina novas eleições em Vilhena

Rosani Donadon estava inelegível quando eleita; TSE determina novas eleições em Vilhena

Porto Velho, RO – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analisou recurso apresentado contra a atual prefeita de Vilhena Rosani Donadon (MDB) nesta quinta-feira (12) compreendendo, assim, que a emedebista estava em condições de inelegibilidade quanto eleita.

Por isso, determinou que o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE/RO) promova novas eleições no município o mais rápido possível.


Nelson Canedo fez sustentação oral no TSE; a chapa representada pelo advogado saiu vitoriosa

A inelegibilidade, de acordo com o advogado Nelson Canedo, que representa a coligação Pra Fazer a Diferença encabeçada, à época, pelo candidato derrotado Eduardo Japonês, do PV, é decorrente de uma condenação por abuso do poder econômico nas eleições de 2008. Canedo fez sustentação oral na Corte. 

Os ministros discutiram sobre o vencimento do prazo de inelegibilidade após a data da eleição e entenderam, por fim, deixando de considerar fato superveniente apto a afastar a inelegibilidade.

A eleição em 2016 ocorreu no dia 02 de outubro de 2016 e o prazo de inelegibilidade venceu no dia 05 de fevereiro do mesmo ano.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Leia Também

Comentários