Troca de partidos mobiliza os políticos, Expedito pode ficar fora das eleições diretas, expectativa na compra de tratores pelo governo

 

Bastidores – As próximas quatro semanas prometem. Como o processo eleitoral em Rondônia está confuso com pré-candidatos impedidos por força de lei e outros por problemas ideológicos e financeiros, até o próximo dia 7, quando terminará o prazo para desincompatibilização e aos deputados (federal/estadual) mudarem de partido sem prejuízos eleitorais muitas novidades ocorrerão. O atual quadro partidário na Assembleia Legislativa (Ale), por exemplo, mudará muito para as eleições deste ano.

PF - Outro fator que tem que ser levado em consideração é de uma possível ação da Polícia Federal (PF) no Estado na segunda quinzena deste mês de março. A operação de combate à corrupção, muito praticada por políticos, assessores, empresários há tempo estaria programada, mas vem sendo protelada. Como ocorreram mudanças na cúpula da PF em nível nacional, não é difícil a ação ser empurrada pela barriga, mas que está entre as prioridades, está.

Governador – Apesar de não ter decidido, ainda, em qual partido irá se filiar, o advogado Caetano Neto, que conhece como poucos a administração pública, garante que irá disputar as eleições deste ano. Há tempos Caetano diz que é pré-candidato ao Senado. Caso opte pelo Psol, convidado que foi pelo presidente do diretório regional, Pimenta de Rondônia, a se filiar, Caetano poderá disputar o governo do Estado. Caetano diz que não teria problemas em encarar o desafio.  

Tratores – O governo do Estado, via Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), teve aprovado pela Assembleia Legislativa (Ale) a solicitação da liberação de recursos acima de R$ 150 milhões para compra de máquinas, tratores e equipamentos, que serão entregues às prefeituras para formação de Patrulhas Mecanizadas e atuação nas áreas urbana e rural. O negócio milionário, ainda, não foi concretizado, mas tem gente do executivo levando vantagem. Uma boa deixa para o Ministério Público (MP) investigar, porque a operação envolve cerca de 400 tratores fora os equipamentos. O povo ficará muito grato.

Expedito – Há tempo o ex-senador Expedito Júnior enfrenta problemas de doença na família. São constantes suas viagens para fora do Estado para ter acesso a tratamento especializado. Com a velocidade da informação nos dias atuais postular a cargo eletivo de ponta, como o governo do Estado e Senado Federal exige tempo e dedicação. Provavelmente Expedito abra mão da disputa eleitoral direta este ano e opte pela reeleição do filho Expedito Neto, do PSD, à Câmara Federal. O processo eleitoral perde, porque Expedito está –sempre– entre os favoritos, seja ao Senado ou à sucessão do governador Confúcio Moura (MDB).

Respigo

A maioria das rodovias estaduais pavimentadas está sem a mínima condição de segurança de tráfego. Na última semana o item foi predominante nos discursos de vários deputados da tribunal da Assembleia Legislativa (Ale) +++ A responsabilidade pela recuperação e conservação das rodovias estaduais é do DER, que tinha o ex-deputado estadual Ezequiel Neiva no comando. Ezequiel foi exonerado e pelas condições em que deixou a maioria das ROs não deixou saudades +++ A mobilização entre os políticos, com a possibilidade de trocar de partido, desde o último dia 7 até os primeiros dias de abril é grande. Pelo andar da carruagem teremos muitas novidades nos próximos dias, boa parte delas surpreendentes, mas possíveis, pois em política nada é impossível +++ Dentre tantas noticias nada boas das últimas semanas uma merece destaque. O colega Sílvio Santos (Zé Katraca) que edita diariamente a página “Lenha na Fogueira”, no jornal “Diário da Amazônia” passou por operação delicada para colocação de pontes de safena já recebeu alta, em Cascavel, onde foi operado no hospital do campus da Faculdade Assis Gurgacz (FAG) +++ Zé Katraca e a esposa Aninha ficam em Cascavel até o próximo dia 20 para recuperação pós-operatório. Saúde Zé, muita saúde, agora de “carburador” novo.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também

Comentários