UBER funciona em Porto Velho; taxistas são acusados de promover primeiro ataque


Primeiro ataque a motorista UBER na Capital / Foto.: Rondoniaovivo

Porto Velho, RO –
Mais rápido do que se poderia esperar, seguindo uma tendência nacional, já há acusação de ataques aos motoristas – e veículos – ligados ao aplicativo UBER, que começou a funcionário nesta quarta-feira (17) em Porto Velho.

A informação é do site de notícias Rondoniaovivo.

Confira abaixo

Artigo: Ataque à UBER – Por que os taxistas insistem na violência em Porto Velho


Taxistas são acusados de danificar carro de UBER

Exclusivo –  Vídeo mostra ataque de taxistas contra automóvel UBER em Porto Velho

Segundo o jornal online, um grupo de taxistas depredou um automóvel que estava trabalhando com o aplicativo.

“Por volta de 9h30, o motorista UBER foi buscar um passageiro no supermercado Araújo, quando foi descoberto por taxistas. O grupo iniciou perseguição e conseguiu abordar o condutor na esquina da avenida Rio de Janeiro com rua Joao Pedro da Rocha”, diz a publicação.

Aproximadamente vinte taxistas, de acordo com a informação, teriam promovido a depredação do carro Hyundai i30. Os vidros e a lataria foram danificados com a investida.

Agressão física

O noticioso também relatou que o motorista fora agredido durante a ofensiva. Para se salvar, recorreu à ajuda de um morador nas proximidades do ataque. A Polícia Militar compareceu maciçamente para acompanhar a ocorrência; um taxista foi detido.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica / com inf. Rondoniaovivo

Leia Também

Comentários