Sindsef avalia protesto como a retomada de lutas em defesa da aposentadoria e educação